Cotuba traz de volta as brincadeiras infantis

27 de agosto de 2012às 11h18

Pensando no público infantil, a Cotuba lançou, em ação promocional, uma série de rótulos especiais que resgatam as brincadeiras infantis. Com o intuito de homenagear as crianças, que têm no próximo dia 12 de outubro o seu dia, foram feitos cinco rótulos inspirados em diferentes brincadeiras. Amarelinha, Bola Queimada, Elefantinho Colorido, Pula Corda e Telefone sem Fio foram as escolhidas, e além de estamparem as embalagens de vários refrigerantes de marca, junto com o título “Brincadeira de Verdade é Mais Legal”, possuem suas regras abaixo. AMARELINHA Idade: acima de 04 anos Local: calçada, praça, quintal, quadra de esportes, praia Participantes: 02 ou mais Material: giz e 01 marcador para cada participante Como brincar: Desenhe com giz na calçada ou no quintal um retângulo grande, dividido em dez retângulos menores – as ‘casinhas’ – numerados de 1 a 10. Na parte superior do diagrama, faça uma meia-lua e escreva a palavra “CÉU”. Para jogar, fique atrás da linha do início do traçado – do lado oposto à palavra ‘Céu’ – e atire o marcador (uma pequena pedra, por exemplo) na casinha que não poderá ser pisada, começando pelo número 1. Atravesse o resto do circuito com pulos alternados nos dois pés e em um pé só. Ao chegar no ‘Céu’, faça o caminho de volta do circuito, pegue o marcador - sem pular na casa onde ele está – e volte para trás do traçado. Depois, jogue o marcador na próxima casinha e assim sucessivamente. Se errar, será a vez do próximo jogador. Vence quem completar primeiro todo o traçado. Dica: se quiser, você pode fazer circuitos em diferentes formatos (em caracol ou retângulos maiores, por exemplo). Para as crianças mais novas, os circuitos podem ser menores e podem ser abertas exceções – como, por exemplo, permitir que elas pulem com os dois pés em todas as casas. BOLA QUEIMADA Idade: acima de 06 anos Local: calçada, praça, quintal, quadra de esportes, praia, condomínio Participantes: 08 ou mais Material: 01 bola macia e giz para demarcar a quadra Como brincar: Divida o espaço em dois campos do mesmo tamanho, definindo os limites com um giz. Divida os participantes em dois times. O jogo começa quando um lançador atira a bola em direção a um dos jogadores do time adversário. Se este for atingido pela bola, estará fora do jogo. Se alguém do time adversário conseguir segurar a bola, sem deixá-la cair no chão, quem sai do jogo é o lançador. Se a bola bater no chão antes de atingir alguém, a posse de bola passa automaticamente para o time oposto, que poderá atacar. Se algum jogador ultrapassar os limites do campo tentando fugir da bola, será eliminado. Dica 1: para ninguém ficar de fora depois de atingido, pode-se fazer uma “prisão”. Nesse caso, quem for eliminado vai para trás do limite do campo adversário e poderá atacar. Se atingir alguém do outro time, ganha o direito de voltar para a equipe inicial. Dica 2: para deixar o jogo mais cooperativo, pode-se colocar uma lata no chão, atrás de cada jogador. Nesse caso, o participante só será “queimado” se a lata for derrubada pela bola lançada por um adversário, sendo que as latas podem ser defendidas com os pés por qualquer um dos jogadores. O jogo ficará ainda mais divertido se houver mais de uma bola em campo. ELEFANTINHO COLORIDO Idade: acima de 04 anos Local: calçada, praça, quintal, quadra de esportes, praia, condomínio Participantes: 03 ou mais Como brincar: Um participante é escolhido para comandar. No caso de crianças mais novas, o melhor é que seja um adulto. Ele fica à frente dos demais e diz: “Elefantinho colorido!”. Os outros respondem: “Que cor?”. O comandante então grita o nome de uma cor e os jogadores correm para tocar em algo que tenha aquela tonalidade. Dica: quanto mais longe o acesso à cor, mais difícil o jogo fica. Para os mais velhos, a brincadeira ficará mais divertida se o comandante perseguir os outros participantes e tentar capturá-los antes que eles cheguem à cor. O primeiro capturado vira o próximo comandante. TELEFONE SEM FIO Idade: acima de 04 anos Local: dentro de casa, praça, salão de festas, quintal, condomínio Participantes: 05 ou mais Como brincar: Todos se sentam em um círculo ou em fila, um ao lado do outro. A brincadeira começa com um dos jogadores elaborando uma frase e dizendo-a bem baixinho no ouvido do participante que estiver ao seu lado. Este repete a frase para o próximo participante e assim sucessivamente, até o último jogador, que deve dizer a frase em voz alta. Quase nunca ela será reproduzida da mesma forma como foi criada pelo primeiro participante da roda, o que dá sabor e diversão à brincadeira. Dica 1: com crianças mais novas, substitua as frases por uma única palavra por vez. Dica 2: a brincadeira pode ajudar a fixar temas abordados em sala de aula se as frases repassadas forem relacionadas ao assunto. PULAR CORDA Idade: acima de 05 anos Local: calçada, quintal, praça, condomínio Participantes: 03 ou mais Material: 01 corda Dois participantes seguram cada um uma ponta da corda, batendo-a em círculos e de forma ritmada, enquanto o terceiro integrante pula de modo a evitar que suas pernas impeçam a passagem da corda. Quanto maior o número de jogadores e mais rápido o ritmo, a brincadeira fica mais difícil. Dica 1: os pulos podem ser coreografados por cantigas como esta: Um homem bateu em minha porta E eu abri. Senhoras e senhores, ponham a mão no chão (o jogador pula e rapidamente abaixa e toca o chão) Senhora e senhores, pulem num pé só (o jogador pula com um só pé) Senhoras e senhores, deem uma rodadinha (o jogador pula e roda) E vá pro olho da rua! (o jogador sai debaixo da corda) Dica 2: para os mais experientes, é possível usar duas cordas, uma batendo no sentido horário e outra em sentido inverso.

  • NOTÍCIAS
    • Arco Íris divulga suas marcas consagradas em evento preparatório da APAS


    • Cotuba patrocina evento regional de games que atrai público de 30 mil pessoas no noroeste paulista


    • Arco Iris implanta unidade em Paranaíba para aprimorar distribuição no sul do MS