Um conto de fadas moderno: Dorothy, a menina que queria voltar para casa

04 de outubro de 2018às 09h45

A menina Dorothy é uma das personagens centrais de “O Mágico de Oz”, um romance infantil de alta fantasia, publicado originalmente em Chicago (EUA) em 17 de maio de 1900 por L. Frank Baum (1856-1919) e mais tarde transforfmada num dos maiores êxitos do cinema, em 1939. A história – um conto de fadas modernizado – fala sobre a importância da admiração e da alegria, em contraposição aos sofrimentos e pesadelos, deixados de lado. Dorothy vive em uma fazenda com seus tios. Quando um tornado ataca a região, ela se abriga dentro de casa, mas a menina e seu cachorro são carregados pelo ciclone e aterrisam na terra de Oz, caindo em cima da Bruxa Má do Leste. Dorothy é vista como uma heroína, mas o que ela quer é voltar para casa. Para isso, precisará da ajuda do Poderoso Mágico de Oz, que mora na Cidade das Esmeraldas. No caminho, ela é ameaçada pela Bruxa Má do Oeste e encontrará três companheiros: um Espantalho, que quer ter um cérebro, um Homem de Lata, que anseia por um coração e um Leão covarde, que precisa de coragem. 

  • NOTÍCIAS
    • Atriz Anna Livya Padilha é apaixonada por Cotuba


    • Estimacão reúne mais de 15 mil apaixonados por pets em Rio Preto e conta com apoio de Cotuba


    • Um conto de fadas moderno: Dorothy, a menina que queria voltar para casa